NOSSO GUIA DE DUBLIN

Laura & LiviaLaura & Livia

Apesar de ser a capital da Irlanda, Dublin é uma cidade relativamente pequena. Não é preciso muitos dias para conhecer e se apaixonar por ela. Desde a primeira vez que pisamos em Dublin, em 2007, nos encantamos com esse lugar tão charmoso e acolhedor. E, pelo visto, não fomos as únicas que sentimos isso em relação a Dublin; a capital irlandesa está lotada de brasileiros!

Dublin é divertida, oferece uma variedade de pubs, vida noturna agitada e pessoas simpáticas. Sim, os irlandeses são solícitos e agradáveis! Já tem dois anos seguidos que passamos alguns dias de inverno em Dublin. De tanto que adoramos a cidade, elaboramos um pequeno guia para quem nunca foi e para quem pretende voltar a Dublin.

 

ONDE FICAR

Dublin oferece opções de hotéis para todos os bolsos. Sempre usamos o site do Hotéis para buscar acomodação.

Em 2016, ficamos no Hendel’s Hotel Temple Bar (16-18 Fishamble Street), pertinho da região do Temple Bar, como o nome mesmo já indica. Gostamos bastante!

Em janeiro desse ano, ficamos no Drury Court Hotel (28-30 Lower Stephen Street) e também gostamos bastante. O hotel é pequeno e os funcionários foram muito prestativos e simpáticos com a gente.

Recomendamos também o Jurys Inn Dublin Christchurch, que fica pertinho da Christ Church Cathedral e que é de uma rede conhecida em toda Irlanda e Reino Unido.

 

O QUE VISITAR

Temple Bar: é o principal centro da vida noturna da cidade, com diversos bares e restaurantes. Não tem como ir a Dublin e não tirar foto em frente ao pub Temple Bar, de fachada vermelha, que leva o mesmo nome da zona.

St. Patricks Cathedral: construída em 1190, essa igreja é dedicada ao padroeiro da Irlanda, São Patrício. É a maior igreja do país.

Christ Church Cathedral: essa catedral medieval mais antiga do que a St. Patrick’s. É dedicada à Santíssima Trindade e comporta a maior cripta da Irlanda e do Reino Unido.

Trinity College: universidade mais famosa e mais antiga da Irlanda. Fundada em 1592 pela rainha Elizabeth I, conta com uma biblioteca incrível. A grande estrela da biblioteca é o “The Book of Kells”, um dos mais santuosos manuscritos iluminados que restaram da Idade Média, com 680 páginas escritas em latim.

St. Stephen’s Green: parque público situado no centro de Dublin, com uma área verde linda. Ideal para os (raros) dias de sol na cidade.

National Museum of Ireland: conta a história da cidade e abriga coleções históricas da Europa, como peças vikings.

Dublin Castle: situado na Dame Street, é um forte construído durante o século VIII. Já foi prisão, base militar, tribunal de justiça e sede da administração inglesa. Atualmente, está aberto a visitação e é palco de conferências políticas e encontros de cúpula da União Europeia.

Grafton Street: está localizada entre a Trinity College e o parque St. Stephen’s Green. É reservada para pedestres e ponto de encontro de artistas de rua. Na esquina da Grafton com a Suffolk Street, fica a estátua de bronze de Molly Malone.

O’Connell Street: é a principal rua da cidade. Nela está o Spire, um monumento em forma de cone, com 120 metros de altura. A O’Connell Street termina perto do rio Liffey, que divide Dublin entre norte e sul. Não é a principal rua de compras. Se quiser dar uma olhada em lojas, recomendamos a Henry Street e a Mary Street, ruas de pedestres que ficam ali pertinho.

Guinness Storehouse: essa dica vai para os amantes de cerveja. A Guinness Storehouse nada mais é do que a fábrica da tradicional cerveja preta irlandesa. O passeio vale muito a pena. Nós fomos em 2007 e adoramos!

 

ONDE COMER

Avoca Café Suffolk Street: essa dica é preciosa! O Avoca Café fica no último andar de uma mini loja de departamentos e tem o melhor sticky toffee pudding que já experimentamos na vida! Aliás, todos os pratos que experimentamos estavam maravilhosos. Endereço: 11-13 Suffolk Street.

Fade St. Social: reúne um restaurante e um bar de tapas em um só lugar, além de um bar de coquetéis. Não tivemos a oportunidade de conhecer, mas vamos deixar a dica porque é um lugar altamente recomendado. Endereço: 4-6 Fade Street.

The Winding Stair: localizado às margens do Rio Liffey, é considerado um dos melhores restaurantes de Dublin. Esse restaurante oferece pratos da culinária irlandesa e frutos do mar deliciosos. É um pouco mais caro do que os demais restaurantes que recomendamos, mas se puder não deixe de ir. No mesmo local funciona uma livraria. Endereço: 40 Lower Ormond Quay.

Millstone Restaurant: é um restaurante tipicamente irlandês, ideal para quem quer experimentar a comida local e fugir um pouco dos lugares turísticos. Endereço: 39 Dame Street.

Peacock Green & Co: charmoso café que fica ao lado da Christ Church Cathedral. Por lá é possível encontrar delícias como bolos, scones, tortas, macarons, etc. Tomamos café da manhã ali uma vez e amamos! Endereço: 13 Lord Edward Street.

Brother Hubbard: café e restaurante super charmoso e casual com comida deliciosa. Oferece um menu enxuto e descolado com opções diferentes, sendo que a maioria dos pratos têm um toque do Oriente Médio. Como tudo é feito por lá, o sabor é garantido. Endereço: 153 Capel Street (Norte) e 46 Harrington Street (Sul).

Bunsen: é conhecido como o melhor hamburguer da cidade. O menu é bem pequeno, mas tudo é caseiro e delicioso. Há dois endereços em Dublin, sendo um na 22 East Essex Street (Temple Bar) e outro na 36 Wexford Street.

The Church: como se pode entender pelo nome, o lugar fica em uma antiga igreja, a de St. Mary. Vale a pena ir, seja para tomar um drink ou para jantar. Bem legal, mas bastante turístico também. Endereço: Junction of Mary St. & Jervis St.

Murphy’s: sorveteria 100% irlandesa super famosa. São utilizados ingredientes frescos e naturais nos 16 sabores oficiais. Endereço: 27 Wicklow Street.

Gino’s Gelato: possui vários endereços espalhados por Dublin e por outras cidades da Irlanda. Os gelatos são feitos com menos gordura e têm menos ar incorporado à massa, intensificando o sabor. Oferece variados sabores de gelato, como Ferrero Rocher, Snickers, Nutella, Toblerone e Magnum. Um dos endereços é: 34B Grafton Street.

Queen of Tarts: esse lugar é a perdição para os amantes de doces. É cada torta de dar água na boca! Experimentamos a Apple Crumble Tart e os scones, tudo maravilhoso! Endereço: Cows Lane, Dame Street.

 

ONDE BEBER

Pular de bar em bar é uma delícia. Nós fizemos esse esquema de pub crawl nas vezes em que fomos a Dublin e achamos que todos devem fazer o mesmo. É a melhor maneira de conhecer vários pubs em uma noite só. Praticamente todos oferecem música ao vivo (ouvimos “Galway Girl” incontáveis vezes).

O Temple Bar é o principal pub de Dublin, que fica na zona de mesmo nome. O lugar é lindo, tanto dentro quanto fora. É extremamente turístico, mas bem legal! Na mesma região do Temple Bar, recomendamos o The Porterhouse e o The Quays.

Um pouco mais afastado, está o The Brazen Head, o pub mais antigo de Dublin.

Ao norte de Dublin, recomendamos o The Black Sheep. Esse pub fica perto do The Church, sobre o qual falamos acima.

Ao sul de Dublin, na região de Portobello, tem o The Bernard Shaw, inaugurado em 1895. É um pub diferente dos demais e bem menos turístico.

Tem outros pubs que conhecemos, mas não lembramos o nome. Sabem como é, né?! Hahaha!

 

Esperamos que vocês gostem do nosso pequeno guia de Dublin. Se tiverem alguma pergunta ou sugestão, escrevam para a gente!

comentários

Confira também

SIGA @sislifestyletrips