Tomorrowland: Ingressos + Organização do festival

LauraLaura

Desde os meus 11 anos posso dizer que sou apaixonada e movida por música. Nunca variei muito de estilo, sempre curti rock e eletrônico. Em 2016, tive a oportunidade de ir à Tomorrowland Brasil, em Itu, São Paulo. Não preciso nem dizer que foi top, né?! Pena que a felicidade durou pouco, pois o festival durou apenas 2 anos no Brasil. Ir à Tomorrowland na Bélgica era o meu sonho, que eu finalmente consegui realizar em julho passado.

Como queria muito ir ao festival, fiquei igual a uma psicopata atrás de informações no site oficial. Como sei que muita gente tem vontade de ir ao TML, resolvi fazer esse post para ajudar.

Não tem jeito, tem que ficar de olho no site oficial, primeiramente para saber quando é o pré-registro. Você só consegue comprar o ingresso se fizer a tal “pré registration”. Feito isso, você vai receber mais informações no seu e-mail. O registro é feito algumas semanas antes da venda dos ingressos e tem prazo, portanto não dá para esquecer de se cadastrar! Ambos acontecem em JANEIRO e o festival nos dois últimos fins de semana de JULHO.

Comprar o ingresso é, sim, uma missão. Primeiro existe uma venda pra quem mora na Bélgica e só depois abrem para o resto do mundo. No dia da abertura das vendas o site fica congestionadíssimo. É preciso ficar na fila de espera do site e NÃO PODE atualizar a página, senão você volta para o final da fila. Quando chegou a minha vez, todos os ingressos estavam esgotados, com exceção do Global Journey, que nada mais é do que um pacote. Há diferentes pacotes do Global Journey: passagem de trem + ingressos ou passagem de avião (com os trechos já estabelecidos no site) + ingressos ou hotel + ingresso, que foi o que comprei. Esse pacote é para duas pessoas e custou 1.800 euros.

Ah, quando comprar, na opção de entrega, não coloque seu endereço no Brasil para entrega. Além das grandes chances de os ingressos serem taxados, também corre o risco de nunca chegarem, como aconteceu comigo e com alguns conhecidos! ESCOLHAM A OPÇÃO DE RETIRAR O INGRESSO NO LOCAL, OK?

Lá no festival, eu avisei que meu ingresso não havia chegado e eles me deram uma caixinha nova! A desse ano veio com um apito de cavalo marinho <3

Quando comprei o ingresso, na pressa, eu não sabia se era a melhor ideia comprar o Global Journey, mas depois que vivi aquilo ali eu não trocaria pacote por nada! O hotel é SENSACIONAL, sem dúvidas o melhor da viagem e um dos melhores em que já me hospedei. Você recebe o jornal da TML todos os dias, com novidades, brindes como mochilas, chocolates e itens personalizados do festival.

O hotel em que ficamos é o Thon Brussels City Centre, que incluía um café da manhã gigante, com direito a waffles belgas. O ônibus da Tomorrowland passa ali todos os dias para te levar e te buscar no festival (que fica em Boom, não em Bruxelas).

             

O ônibus da TML nos buscava todos os três dias às 12h. No primeiro dia, eu e meu namorado fomos a essa hora e chegamos lá bem no comecinho. Não recomendamos ir cedo assim, porque são 12 horas de festival! Na volta, é preciso andar 3km para chegar até o ônibus, logo fica muito cansativo. Ademais, os melhores DJs tocam depois das 16h. Nos outros dois dias, pagamos um Uber (custa em torno de 60 euros) e achamos que valeu a pena!

Na volta, como eu disse, são aproximadamente 40 minutos de caminhada até o terminal do ônibus. Mas até a caminhada é legal; tem gente entregando água, tem banheiro pelo caminho, showzinhos pirotécnicos, malabares, gente tocando violão e brincando com você até chegar no terminal! Sim, a organização do Tomorrowland pensa em tudo! <3

Essa é a pulseirinha necessária para identificar o hotel e o ônibus corretos.

Não sei se vocês sabem, mas também tem a opção de ficar acampado no festival, no DreamVille, mas as vagas também não estavam disponíveis quando tentei comprar. De qualquer forma, não era minha opção, mas quem sabe um dia! Ali é farra o dia todo! Os brasileiros fizeram churrasco, colocaram música e tudo mais! Lá tem um Carrefour, farmácia e muitas outras coisas. Gente, a Tomorrowland é praticamente uma cidade! Claro que no acampamento não se tem o conforto de um hotel, mas em compensação você fica alojado a apenas 15 minutos do festival.

Em breve, farei um post dedicado exclusivamente ao festival! Fiquem ligados!

comentários

Confira também

Tomorrowland: Como é o festival?

+ CONFIRA

Antuérpia: Conhecendo a segunda maior cidade da Bélgica

+ CONFIRA

SIGA @sislifestyletrips